Site

Polícia Civil prende homem em cumprimento de sentença condenatória por roubo e jovem envolvida em caso de latrocínio

0

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do Posto de Policiamento Integrado (PPI) do Distrito de Cacau Pirêra, sob o comando do delegado Antonio Chicre Neto, titular da unidade policial, cumpriu, na manhã desta quarta-feira (20/02), por volta das 6h, dois mandados de prisão preventiva, sendo um por sentença condenatória por roubo e formação de quadrilha, em nome de João Paulo Barcelar, 25, chamado de “Foguinho”, e outro por latrocínio, em nome de Kevelen Oliveira Lopes, 21, conhecida como “Karol”.

De acordo com a autoridade policial, João foi preso na casa onde morava, localizada na rua Oito do Distrito de Cacau Pirêra, no município de Iranduba, distante 27 quilômetros em linha reta da capital. O fato ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, por sentença condenatória, pelos crimes de roubo e formação de quadrilha. A ordem judicial foi expedida pela juíza Sabrina Cumba Ferreira, da Vara de Execuções Penais (VEP).

Antonio Chicre Neto coordenou, ainda, na manhã desta quarta-feira (20/02), o cumprimento do mandado de prisão preventiva por latrocínio em nome de Kevelen Oliveira, envolvida na morte do idoso Reinaldo Ferreira da Silva, ocorrida no dia 5 de fevereiro deste ano, na Comunidade Nova Aliança, segunda etapa do ramal Boa Fé, quilômetro 15 da estrada de Janauari, em Iranduba. A vítima tinha 66 anos.

Conforme o delegado, Kevelen é companheira de Kaio Hangel dos Reis Batista, 24, preso pela equipe do PPI no último dia 13 de fevereiro, pela autoria do delito. “No dia do latrocínio Kaio e mais duas pessoas, dentre elas Kevelen, abordaram o idoso e o mantiveram amarrado com uma corda em volta do pescoço, em uma espécie de armadilha. Quanto mais Reinaldo se mexia, mais a corda apertava a garganta dele, o que ocasionou o óbito. Do lugar os infratores subtraíram um aparelho celular, dois aparelhos de Disco Digital Versátil (DVD), caixa de som amplificada e R$ 200 em espécie”, disse.

Kevelen foi presa na casa de familiares dela, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus. A ordem judicial em nome dela foi expedida no dia 13 de fevereiro deste ano, pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, titular da 2ª Vara da Comarca de Iranduba.

“João é considerado um indivíduo de alta periculosidade e temido pelos comunitários do Distrito de Cacau Pirêra. Chegamos até Kevelen após um árduo trabalho desempenhado pela nossa equipe de investigação, que descobriu a localização da jovem, que estava escondida na casa de familiares”, explicou Chicre Neto.

Após os procedimentos cabíveis, João foi conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e Keleven levada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irão ficar à disposição da Justiça.

http://www.amazonas.am.gov.br/feed/

Aperfeiçoamento de compras públicas é destaque em intercâmbio internacional na Sefaz

0

O aperfeiçoamento do sistema de compras públicas da Secretaria de Estado de Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM) a partir da implantação da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) foi um dos temas do segundo dia de atividades do intercâmbio técnico promovido entre o Departamento Nacional das Receitas (DNRE) do Ministério das Finanças e Planejamento de Cabo Verde e o Governo do Amazonas.

Desde a última terça-feira (19/02) e até esta quinta-feira (20/02), sete membros da equipe responsável pela criação da Fatura Eletrônica no país africano participam de atividades para conhecer o processo de implantação, o funcionamento, os desafios enfrentados e resultados obtidos com o advento dos documentos fiscais eletrônicos no Amazonas, dentre eles a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), na qual a Sefaz-AM é pioneira no Brasil.

Na terça-feira, a comitiva assistiu a apresentações dos técnicos da Sefaz-AM sobre os Documentos Fiscais Eletrônicos e a Campanha Nota Fiscal Amazonense, além de ter visitado o escritório central das lojas Bemol, onde pôde conhecer as vantagens da implantação da Nota Fiscal não apenas para o Estado, mas também para a iniciativa privada, principalmente no que diz respeito à redução de custos e otimização de processos.

Nesta quarta-feira, o diretor do Departamento de Entrada de Mercadorias da Sefaz-AM, Edegar Neumann, abordou as soluções de tecnologia da informação referentes à entrada de mercadorias no Estado e sua devida tributação.

O titular da Coordenadoria de Compras Governamentais (CCGOV) da Sefaz-AM, Alexandre Siqueira, apresentou a modernização do processo de compras públicas, que passou a ter como base o arquivo eletrônico da Sefaz, possível após a implantação da Nota Fiscal Eletrônica.

“Hoje, pesquisa de mercado é feita com base nas notas fiscais emitidas no Estado e não mais no contato com os fornecedores, onde ocorria de recebermos preços muitas vezes mais altos do que os praticados no mercado. Com o sistema, hoje temos mais celeridade e mais economia nos processos de compras do governo”, afirma Siqueira.

Aprovado – A inspetora tributária da DNRE do Ministério das Finanças e Planejamento de Cabo Verde, Augusta Cardoso, avaliou as apresentações. “O que me chamou atenção foi que a pesquisa de preços no sistema atual permite uma melhor escolha dos produtos em termos de preço e capacidade. Com um sistema informatizado, se consegue fazer um melhor cruzamento de informações”, declarou a inspetora, que tem cargo equivalente ao auditor fiscal no Brasil.

Para o coordenador geral do Encontro Nacional dos Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (Encat), Eudaldo Almeida, um dos articuladores do intercâmbio técnico, as palestras, debates e visitas têm sido proveitosas. “Tanto as apresentações quanto os debates, visitas e troca de informações com os técnicos do Estado do Amazonas, que vêm realizando tão bem esse trabalho, têm interessado muito aos colegas de Cabo Verde”, defendeu.

Último dia – Nesta quinta-feira (21/02), acontece o último dia do intercâmbio técnico. A comitiva de Cabo Verde irá ter apresentações sobre o Sistema Busca Preço, site criado pela Sefaz-AM, que permite aos cidadãos pesquisar preços de produtos em todo o Estado e também tem como base as emissões de Notas Fiscais Eletrônicas e sobre os procedimentos de fiscalização do órgão.

Estão planejadas também duas visitas: ao Centro de Processamento de Dados da Sefaz, às 12h, e à Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), às 14h30, com presença confirmada do superintendente, coronel Alfredo Menezes.

http://www.amazonas.am.gov.br/feed/

Wilson Lima integra grupo de governadores que discutirá ações para questões econômicas que afetam estados

0

Grupo foi criado durante Fórum dos Governadores, realizado nesta quarta-feira, em Brasília
O governador do Amazonas, Wilson Lima, integra o grupo criado durante o III Fórum dos Governadores, nesta quarta-feira (20/02), em Brasília (DF), para discutir ações emergenciais que serão levadas ao Governo Federal para resolver problemas econômicos comuns aos estados da federação. Além desse grupo, os 27 governadores que participaram do encontro criaram dois outros grupos, um para tratar da reforma da previdência e outro, da Lei Kandir.
O fórum, que aconteceu no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília (DF), reuniu os governadores eleitos para o mandato de 2019-2022 e teve como tema principal a reforma da previdência.
O evento contou, ainda, com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, do secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, do ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, general Santos Cruz, do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.
No encontro, eles discutiram, além da reforma da previdência, outros 20 temas de interesse dos estados e criaram os três grupos de trabalho que vão discutir propostas a serem encaminhadas ao Governo Federal.
“Todos os estados estão enfrentando dificuldades e no Amazonas não é diferente. Nós temos um déficit de mais de 2 bilhões de reais e o meu maior problema é na área de saúde e nós vamos lutar pra resolver isso. Temos que buscar um equilíbrio nas finanças. Nesse grupo nós vamos discutir os problemas e propor ações emergenciais ao Governo Federal”, disse o governador Wilson Lima ao comentar o grupo do qual faz parte.
Os 27 governadores voltarão a se encontrar no dia 19 de março, em uma reunião extra para discutir apenas os problemas financeiros dos estados. A discussão será liderada pelo grupo do qual o governador Wilson Lima faz parte. Eles querem que medidas mais urgentes sejam tomadas para promover o equilíbrio fiscal dos estados.
Previdência – Sobre a proposta da previdência, apresentada nesta quarta-feira ao Congresso, pelo próprio presidente Jair Bolsonaro e detalhada aos governadores durante o fórum pela equipe do governo, o governador Wilson Lima defendeu que a reforma é importante, mas com a discussão de alguns pontos essenciais que podem prejudicar o pequeno trabalhador e produtores rurais, por exemplo.
“O regime geral acaba causando reflexos nos estados, como na aposentadoria dos policiais militares e dos professores. E é uma preocupação comum, entre os governadores das regiões Norte e Nordeste, os impactos que podem causar também aos produtores rurais. É preciso levar em consideração a especificidade de cada região, de cada estado. No Norte e no Nordeste os produtores rurais não têm as mesmas condições de trabalho que os das regiões Sul e Sudeste”, declarou Wilson Lima.
A reforma da Previdência prevê idade mínima de 60 anos para homens e mulheres na aposentadoria rural. Hoje, a idade mínima é de 60 para os homens e 55 para as mulheres. Além disso, a contribuição seria de pelo menos 20 anos para trabalhadores da área rural.
O governador ressaltou, ainda, que o Amazonas tem um déficit previdenciário anual e isso precisa ser considerado. “Nós temos dois regimes de previdência no estado do Amazonas. Um é o regime de repartição simples. Nesse nós temos um déficit anual de R$ 700 milhões. E temos o regime de capitalização, no qual nós temos um superávit. O problema é que para a gente fazer a transição para  esse regime vai demorar 30 anos e a gente não pode esperar tanto tempo”, ressaltou Wilson Lima.
Zona Franca de Manaus – A defesa da manutenção das vantagens comparativas do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), que traz reflexos positivos não só para o Amazonas como para o resto do país, também está entre as prioridades do governador.
“A gente tem discutido vários temas econômicos e financeiros e o meu esforço é para que o país entenda que a Zona Franca não é um peso para o Brasil, ela contribui com inúmeros estados. Não vou descansar enquanto todos perceberem tecnicamente a importância do Amazonas para a economia do país”, declarou Wilson Lima.

http://www.amazonas.am.gov.br/feed/

Setrab oferece 64 vagas de emprego nesta quinta-feira (21)

0

A Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) oferece 64 vagas de emprego nesta quinta-feira (21/02).

Os interessados devem comparecer, na sede da Setrab, localizada na Galeria +, na avenida Djalma Batista, nº 1.018 (entre o Amazonas Shopping e o Manaus Plaza Shopping).

A distribuição das senhas acontece às 7h, e o atendimento é das 8h às 17h. Os candidatos precisam estar com documentos originais e cópia do RG, CPF, PIS, CTPS, comprovantes de residência e escolaridade.

Veja as oportunidades:

(4) VAGAS: COPEIRO HOSPITALAR

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Experiencia na área de dieta ou nutrição e que tenha trabalhado em hospital. (Documentação completa).

 

(2) VAGAS: AÇOUGUEIRO

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Experiência na área. (Documentação completa).  

(1) VAGA: ELETRICISTA-ELETROTÉCNICA

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Experiencia em maquinas injetoras extrusoras. (Documentação completa). 

 

(1) VAGA: TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

Escolaridade: Ensino Médio completo. (Técnico em Segurança do Trabalho).

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.:  Experiencia na área. (Documentação completa)

 

(4) VAGAS: COSTUREIRA

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Experiência em costura industrial e disponibilidade. (Documentação completa). 

(4) VAGAS: CONFECCIONADOR DE CARIMBOS

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Experiência em fazer carimbos e chaves. (Documentação completa).

(5) VAGAS: MOTOCICLISTA (OFFICE BOY)

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Com CNH categoria “A” (categoria “B” será um diferencial.

(3) VAGAS: PROMOTOR DE VENDAS

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: Primeiro emprego.

Obs.: Curso de atendimento ao público.

(2) VAGAS: AJUDANTE DE OBRAS (PCD)

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses.

Obs.: Para trabalhar no canteiro de obras, disponibilidade de horário, suporte para pedreiros, pintor, encanador e carpinteiro. (Físico, auditivo/visual).

(15) VAGAS: OPERADOR DE CAIXA

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses.

Obs.: Informática básica e com disponibilidade de horário.

(10) VAGA: PEIXEIRO

Escolaridade: Indiferente.

Experiência: 6 meses.

Obs.: Com experiência na área (em carteira).

(1) VAGA: REPOSITOR DE MERCADORIAS

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Documentação completa.

(1) VAGA: AÇOUGUEIRO

Escolaridade: Ensino Fundamental completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Documentação completa.

(1) VAGA: SERVIÇOS GERAIS

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Experiência na área e documentação completa.

(1) VAGA: COZINHEIRO

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Fazer comida para 300 pessoas, disponibilidade de horário.

(1) VAGA: PROMOTOR DE VENDAS

Escolaridade: Ensino Médio completo.

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Curso de atendimento ao cliente, com disponibilidade de horário, comunicativo e proativo.

(2) VAGAS: DESIGN GRÁFICO

Escolaridade: Ensino Superior cursando

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Conhecimento em CorelDRAW, proativo, comunicativo, com disponibilidade de horário e documentação completa.

(1) VAGA: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Escolaridade: Ensino Superior cursando (Contabilidade).

Experiência: 6 meses em CTPS.

Obs.: Com CNH categoria “B”, conhecimentos em planilhas de Excel, com utilização de fórmulas, habilidade com o público, proativo, comunicativo e com disponibilidade de horário.

http://www.amazonas.am.gov.br/feed/

Josué Neto defende derrubada de veto ao PL sobre mês de imunização do HPV

0

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) derrubou, nesta quarta-feira (20), o veto do Governo a um Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre o mês de campanha de imunização obrigatória contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) nas escolas estaduais e municipais. A derrubada do veto foi defendida pelo presidente do Parlamento Estadual, deputado Josué Neto (PSD).

De acordo com o texto da Mensagem do Governo, o projeto que é de autoria do atual deputado federal Sidney Leite (PSD), foi vetado porque já existe lei que institui uma campanha relacionada ao tema no Estado.

Josué Neto usou a tribuna para defender a proposta, enfatizando que o que existe é uma campanha e o projeto do ex-deputado estadual definia um mês para intensificar a campanha.

“O projeto do ex-deputado Sidney não cria a campanha, só está dando um ‘plus’ e meu voto é contra o veto. Quero pedir aqui que levem em consideração que o Amazonas é infelizmente campeão brasileiro em índice de HPV e o que criaremos com esse projeto é um mês para que se tenha um maior foco nas campanhas nas escolas das municipais e estaduais, gerando uma maior conscientização”, pontuou.

Outros deputados também se manifestaram a favor da derrubada do veto, como a 2 ͣ vice-presidente da Aleam e  presidente da Comissão de Saúde, deputada estadual Dra. Mayara Pinheiro (PP), e o deputado Dermilson Chagas (PP). O projeto havia recebido parecer favorável da Comissão de Educação, sob a relatoria da deputada estadual Therezinha Ruiz (PSDB).

 

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete do Deputado Josué Neto (PSD)

Sara Matos (92) 99613-9725

Filipe Augusto (92) 99209-0078

 

 

Projeto de Lei prevê redução de ICMS no preço da gasolina no Amazonas

0

Foi apresentado na manhã desta quarta-feira (20), no discurso do deputado estadual Álvaro Campelo (PP), no plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), um Projeto de Lei (PL) que visa reduzir o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da gasolina no Estado do Amazonas.

Segundo o parlamentar, esse PL tem por objetivo a redução do ICMS de 25% para 17%, diminuindo significativamente a redução do preço dos combustíveis no Estado. “Nós já tivemos ICMS de 17%, hoje é de 25% e isso impacta diretamente no preço do combustível. Irei apresentar estudos ao Governo do Estado para que se faça uma redução progressiva do ICMS em 25% ao ano e assim chegaremos ao final do mandato do governador, com o patamar de 17% sem que isso cause um impacto negativo do orçamento e com isso automaticamente reduzir o preço do valor do tributo, que deve ser repassado ao consumidor.”, disse Campelo.

Ainda em discurso, o deputado estadual do PP defende que se o percentual do ICMS fosse reduzido em pelo menos 7%, a gasolina, que atualmente custa em média R$ 3,30 o litro, poderia chegar a ser de até R$ 3,10. “Essa medida (redução do ICMS) poderia aumentar arrecadação pelo Estado por conta do impacto do consumo, produtividade e geração de emprego no Amazonas.”, explica Álvaro Campelo.

Assinatura para CPI do Combustível

Diante de tantos aumentos inesperados no combustível, o deputado pediu abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), a fim de investigar a existência de um possível cartel, nos postos de combustíveis de todo o Estado do Amazonas.

De acordo com o deputado estadual, a queda de preço da gasolina nos postos de Manaus é resultado da proposta de instalação da CPI para investigar os empresários que, supostamente, combinam preços e reajustes.

A movimentação para abertura da CPI vem ganhando força na Assembleia Legislativa. Durante o pequeno expediente da Sessão Plenária, Campelo recebeu a confirmação do apoio da deputada estadual Joana Darc (PR) para o pedido de investigação. “Estou muito honrado em ter a deputada Joana Darc (PR), junto à luta para a instalação da CPI e assim dar uma resposta ao consumidor amazonense, que quer explicações a respeito dessa variação de preços semanais e alinhamentos de preços”, concluiu Campelo.

Além de Campelo, três parlamentares já haviam manifestado apoio à causa, os deputados Serafim Corrêa (PP), Dermilson Chagas (PP) e Wilker Barreto (PHS).

 

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete do Deputado Álvaro Campelo (PP)

Pricila Assis (92) 98143-9640

Foto: Augusto Ferreira

 

 

Dermilson se reúne com governo para ajudar municípios afetados pela cheia

0

Na tarde desta quarta-feira (20), o Deputado Dermilson Chagas (PP) esteve reunido com representantes da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) e Defesa Civil para buscar soluções aos afetados da cheia no estado do Amazonas. Estima-se que neste ano mais de 50 municípios venham ser afetados fortemente por esse fluxo hidrológico.

A reunião aconteceu no mini Plenário Natanael Bento Rodrigues da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). No encontro as instituições explicaram os principais procedimentos que devem ser seguidos até a ajuda chegar aos afetados. “Estamos trabalhando junto com o CPRM, porque eles nos atualizam sobre as cotas. Até agora, temos a informação de que o rio Amazonas, Madeira e Purus já estão em um nível considerado cota alta”, explicou Airton, secretário executivo da Sepror.

A proposta do deputado Dermilson é que o estado do Amazonas forneça descontos ou anistia das dívidas dos atingidos que pediram empréstimos para Afeam. Segundo o Coordenador da agência, Thiago Philipe Barroso, em 2014, o órgão realizou 3.653 operações, com empréstimos que contabilizaram em R$ 15,5 milhões. “E desse total, sabemos que 94% estão inadimplentes ainda”, destacou o coordenador da Afeam.

“A enchente vai até julho, então temos tempo hábil para uma boa decisão. Estou propondo aqui que daqui a três semanas, seja feita a produção de um relatório que possa contribuir a diminuição da dificuldade e sofrimento dessas pessoas que perdem toda a sua produção”, afirmou Dermilson. Segundo o deputado, essa questão é humanitária, e por isso deverá ser tratada de forma séria e com rapidez.

 

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete do Deputado Dermilson Chagas (PP)

Diogo Dias — (92) 98101-2940

Gabinete — (92) 3183-4514 / 33043791

Foto: Márcio Gleyson

 

 

Joana Darc participa da instalação da Frente de Defesa dos Animais

0

Única deputada estadual do Amazonas a defender ativamente a causa animal, a republicana Joana Darc (PR), esteve nessa terça-feira (20) em Brasília, para representar seus colegas de todo o país durante a instalação da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Animais, que é formada por cerca de 200 deputados e senadores.

A presidente da Comissão de Meio Ambiente e Proteção dos Animais e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), compôs a mesa do evento a convite do colega de partido, deputado federal Marcelo Ramos (PR), que também integra o grupo. Ele é o primeiro deputado federal do Amazonas a participar de uma frente em favor dos animais em Brasília.

“A participação do deputado Marcelo Ramos, em ações de defesa dos animais, foi um compromisso de campanha, que agora estamos cumprindo. Ele é mais uma voz na luta pela preservação da saúde e bem estar dos animais no Amazonas”, comemorou Joana Darc.

De acordo com a parlamentar, entre as metas do grupo de discussão permanente está a punição efetiva de qualquer pessoa que maltrate os animais. Além de estimular a adoção, ao invés da comercialização.

“É um momento muito especial para a causa, fico muito feliz de ser referência no Amazonas. Com a instalação da Frente, vamos somar esforços para a criação de políticas públicas, ações para a diminuição do sofrimento dos animais, controle populacional e criação de hospital e clinica pública veterinária”, ressaltou Joana Darc.

O grupo de discussão permanente já debate até o aumento da pena de 1 ano para 4 anos de reclusão. “Quem maltrata um animal indefeso, maltrata um idoso, uma criança. Não vamos tolerar que pessoas assim, fiquem impunes, que sejam penalizadas apenas com pequenos serviços e pagamento de multas”, disparou Joana Darc.

A força e união

Durante o evento, a deputada Joana Darc (PR), parabenizou e reconheceu o trabalho das Ongs, ativistas e protetores do Amazonas. Ela falou sobre a importância e o fortalecimento dos grupos que ao longo dos anos desempenham com muito amor e dedicação ações de defesa, resgate e cuidado dos animais, na capital e interior.

“É um trabalho feito com amor, amor por quem não tem voz. Amor incondicional, movido pelo sentimento de inconformismo, de quem não aceita ver animais sendo maltratados, machucados e abandonados. Todos estão de parabéns, esse momento deve ser celebrado”, enfatizou Joana Darc.

Mais uma vez, a deputada deixou seu mandato aberto para a participação dos apoiadores da causa. Lembrando que seu trabalho é participativo, estando disponível para sugestões e diálogo.

 

Texto: Assessoria da Deputada

Gabinete da Deputada Joana Darc (PR)

Joelma Muniz -(92) 99395-5704

Foto: Fábio Romão (92) 98174-0647

 

 

Projeto de regionalização da merenda precisa sair, defende Fausto Jr.

0

O Amazonas possui 595 escolas vinculadas à rede estadual de ensino, que oferecem merenda a mais de 411 mil estudantes em todos os municípios do Estado. A necessidade de regionalização da merenda escolar, ou seja, a compra dos ingredientes da merenda diretamente dos produtores rurais, foi cobrada nesta quarta-feira (20) pelo deputado estadual Fausto Jr. (PV).

De acordo com o deputado, o governo do Estado precisa tirar do papel a proposta de regionalização da merenda. “Temos que apoiar o setor primário, que é uma das bases da econômica do Amazonas”, afirmou Fausto Jr. “A compra dos ingredientes da merenda, diretamente das mãos dos agricultores, é uma saída para movimentar a economia do interior”, acrescentou o parlamentar.

A dificuldade de acesso ao crédito pelos produtores rurais também foi criticada pelo deputado. Segundo ele, a Agência de Fomento do Amazonas (Afeam) e a secretaria de Produção Rural (Sepror), devem trabalhar unidas para beneficiar o homem do campo. “Temos que facilitar acesso ao crédito para os trabalhadores do setor rural, que não encontram o devido apoio para investir em seus negócios”, frisou Fausto.

O acompanhamento dos produtores rurais por meio de técnicos contratados pelo governo do Estado também foi cobrado pelo deputado. Ele disse que a média nacional é de um técnico rural para cada grupo de 96 produtores rurais.

“No Amazonas essa média é de um técnico para cada grupo de mil produtores, ou seja, é impossível acompanhar e orientar de forma adequada os trabalhadores”, comparou Fausto Jr. “O resultado disso é a dificuldade em ampliar nossa produção rural e gerar mais oportunidades para os produtores”, completou o deputado.

 

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete do Deputado Fausto Júnior (PV)

 

 

Aleam recebe IV Encontro de Gestores Municipais do Suas

0

O auditório Senador João Bosco, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) recebe a partir desta quarta-feira (20) o IV Encontro de Gestores Municipais do Sistema Único de Assistência Social (Suas). O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Ação Social (Seas), e tem por objetivo discutir as formas de operacionalização do Sistema com secretários municipais e conselheiros de todos os municípios amazonenses. O encontro será realizado na quarta e quinta-feira (21), no horário de 8h as 17h.

A cerimônia de abertura do evento contou com a presença do vice-governador Carlos Almeida (PRTB), do deputado Dr. Gomes (PRP), representando o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Josué Neto (PSD), a titular da Seas, Márcia Souza Sahdo; além, claro, dos secretários e técnicos dos municípios. Em seu pronunciamento, o vice-governador Carlos Almeida afirmou que a assistência social é um dos pontos mais importantes de qualquer política de Estado porque é por meio dela que se definem quais são as necessidades reais e a projeção das necessidades futuras. “Portanto, nesses dois dias de debates é possível traçar um quadro adequado da situação atual e determinar quais são as políticas que devem ser implantadas nos próximos anos”, destacou.

A secretária Márcia Sahdo explicou que as políticas públicas sociais devem ser sistemáticas e contínuas, independentemente de governos, por isso é preciso encontros como esse, para que sejam debatidos os desafios e especialmente as diretrizes de ação. “Temos a obrigação de dar apoio técnico aos municípios para que eles executem essas políticas”, disse, complementando “que nosso papel é de capacitar, orientar e dar todo o suporte técnico, trabalhando a questão da execução orçamentária federal”, finalizou.

“Abrigar esse evento reforça o compromisso da Aleam com o desenvolvimento social do Estado”, afirmou o deputado Dr. Gomes, que preside a Comissão de Assistência Social e Trabalho da Aleam. Dr. Gomes destacou o papel do Parlamento neste processo, explicando que Assembleia Legislativa é uma fiscalizadora das ações do governo, analisando os projetos do Executivo, aprovando ou vetando.

Neste primeiro dia do encontro, a secretária Márcia Sahdo e a diretora de Planejamento da Seas, Giselle Pgnolati, falaram sobre o tema Gestão e Planejamento: Orientações para a revisão dos planos municipais de assistência social. Em seguida ocorreu a exposição do tema “Desafios para gestão do Suas no Amazonas”.

No período vespertino acontece a exposição do painel “Apresentação do Relatório do Pacto de Aprimoramento da Gestão 2018” e a realização da assembleia do Colegiado de Gestores do Estado do Amazonas (Coegemas).