Sepror apresenta projetos sustentáveis da pasta à comitiva do governo alemão que está em Manaus

 

O secretário estadual de Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães Júnior, participou de encontro com o ministro da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento da Alemanha, Gerd Muller, e comitiva do governo alemão, que visitaram o Amazonas para conhecer projetos e instituições que desenvolvem trabalhos de desenvolvimento sustentável na Amazônia.

Na ocasião, Petrucio apresentou alguns projetos desenvolvidos pelo Sistema Sepror, que se enquadram no quesito sustentabilidade. Entre eles, o Pró-Mecanização e Pró-Calcário – programas de Incentivo à Mecanização Agrícola e ao Uso do Calcário na Correção de Solos –, e o Progenética – de melhoramento genético do rebanho com uso de técnicas sustentáveis.

“Nossos projetos são sustentáveis, respeitando a floresta e o homem do interior, além de terem a preocupação em gerar emprego e renda para o interior do Amazonas”, disse Petrucio.

A comitiva da Alemanha, assim como os representantes do Sistema Sepror, conheceram as instalações do Rancho Ferradurinha, localizado no Km 64 da rodovia estadual AM-070 (Manaus-Manacapuru), que promove o desenvolvimento da pecuária de leite na região Norte.

“Temos o objetivo de, com uso da mais moderna tecnologia, promover o desenvolvimento da pecuária de leite na região Norte, com o menor impacto ambiental possível”, afirmou o pecuarista Nilton Lins Júnior.

O ministro alemão explicou a origem do conceito de sustentabilidade e a importância da preservação da Amazônia para todo o planeta.

“Esse conceito de sustentabilidade vem da silvicultura. Os silvicultores de séculos passados já sabiam que, se eu queimo ou desmato a floresta, não vou ter futuro para os meus filhos. Essa foi a origem do manejo sustentável de áreas e florestas. E aqui, nós estamos em uma área de floresta primária que tem milhões de anos, e como ministro alemão eu só posso dizer que o trabalho de vocês e o uso e a proteção dessas áreas contribui para a proteção climática também na Europa”, lembrou Gerd Muller.

Silvicultura – Busca auxiliar na recuperação das florestas mediante o plantio de espécies nativas, de forma a ampliar as possibilidades de manutenção dos biomas locais visando a recuperação de recursos hídricos e manutenção de biodiversidade, de forma a aumentar a eficiência do processo.

http://www.amazonas.am.gov.br/feed/

COMPARTILHAR