É preciso união de todos em favor da ZFM, diz Roberto Cidade

 

Após as declarações do Ministro da Economia, Paulo Guedes, contra a Zona Franca de Manaus (ZFM) e as notícias do corte pelo governo federal de quase 80% no orçamento para a Suframa, o deputado Roberto Cidade (PV), disse que é preciso a união dos políticos amazonenses em defesa do modelo que mais gera emprego e renda ao povo amazonense.

“Esse corte de 78,1 % no orçamento da ZFM é um problema gravíssimo e nós deputados estaduais, a bancada federal e senadores temos que nos unir na defesa da Zona Franca de Manaus”, disse Roberto Cidade, lembrando da importância do modelo Zona Franca para a geração de emprego e renda para o Amazonense.

Líder do PV na Assembleia Legislativa do Amazonas, o deputado vai reunir a bancada para discutir estratégias que possam contribuir na defesa do orçamento da Suframa, bem como, na permanência dos incentivos fiscais ao modelo econômico.

“Somos três deputados do Partido Verde e vamos nos reunir, assim como chamar outros colegas para discutirmos estratégias que venham ajudar na deseja da Zona Franca. Não podemos aceitar esse duro golpe a toda população amazonense, pois a Suframa garante milhares de empregos diretos e indiretos ao nosso povo”, pontuou.

 

Promessa sem efeito real

 

Em visita à capital amazonense no dia 25 de julho, quando participou da reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS), o Presidente Jair Bolsonaro garantiu preservar os incentivos à Zona Franca, no texto da reforma tributária. No entanto, ao enviar matéria ao Congresso Nacional, o governo prevê o corte de 78,1%, ou seja, este ano o orçamento foi de 1,1 bilhão, para 2020, a autarquia vai receber apenas R$ 253 milhões, o que, segundo a direção da Suframa, só vai conseguir garantir o pagamento de pessoal e encargos.

 

Gabinete do Deputado Roberto Cidade (PV)

Texto: Assessoria do Deputado

Moara Cabral (92) 99242 – 8724

Antônio Barros (92) 98145 – 1183

Foto: Evandro Seixas

 

COMPARTILHAR