Seminário debate normas tributárias e aduaneiras na Zona Franca de Manaus

    0
    724

    Evento promovido pela Embaixada da República da Coreia também lembrou dos 60 anos de relações diplomáticas entre Brasil o país asiático.

    A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), representada pelo superintendente adjunto de Operações, Luciano Tavares, e pela coordenadora-geral de Estudos Econômicos e Empresariais, Ana Souza, participou do Seminário de Diretrizes de Investimentos e Orientação Tributária no Estado do Amazonas, promovido pela Embaixada da República da Coreia, nesta quinta-feira (21), no Blue Tree Hotel.

    O objetivo do evento foi compartilhar informações sobre normas tributárias e aduaneiras, bem como diretrizes para investimentos no Amazonas às empresas coreanas atuantes na região, atualmente representadas pelas multinacionais Samsung e LG.

    Além da Suframa, estiveram presentes a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e Receita Federal.

    O embaixador da República da Coreia, Chan-Woo Kim, afirmou que o seminário tem a proposta de contribuir com as empresas coreanas instaladas na Zona Franca de Manaus.

    “Já se passaram mais de 20 anos que as empresas coreanas vieram do outro lado do mundo para se instalar no Amazonas e, através de muito esforço, mesmo enfrentando dificuldades como a distância, o idioma, a cultura e principalmente as questões de regulamentação alcançaram êxito e hoje fazem parte da sociedade amazonense.

    Espera-se por intermédio deste evento que uma melhor compreensão dos regulamentos seja alcançada e informações relevantes sobre o quadro de investimento no Estado possam ser compartilhadas”, afirmou.

    Em outubro de 2019 as relações diplomáticas entre Brasil e República da Coreia completaram 60 anos. “Na Coreia, 60 anos significa o término de um ciclo. Nesse período os dois países construíram uma amizade baseada em sentimentos recíprocos e agora deverão avançar nos próximos 60 anos, com base no Tratado de Livre Comércio entre a República da Coreia e o Mercosul, que deve chegar a uma conclusão no próximo ano, e certamente movimentará ativamente muitas atividades comerciais entre ambos os países”, concluiu.

    Na ocasião, o superintendente adjunto Luciano Tavares parabenizou os 60 anos das relações diplomáticas entre Brasil e República da Coreia. “Nos idos de 2008 a 2010 fui adido do exército brasileiro junto à embaixada do Brasil na Coreia e tive a satisfação de ver in loco a pujança da República da Coreia.

    Nosso seminário hoje traz objetivos que vão ao encontro da missão da Suframa, de promover o desenvolvimento regional, trazendo emprego, renda e tudo mais que esta cadeia nos possibilita e temos a grata satisfação de termos sido convidados para este evento, ratificando nossa missão”, disse.

    A coordenadora-geral de Estudos Econômicos e Empresariais da Suframa, Ana Souza, fez uma apresentação sobre o pacote de incentivos da Zona Franca de Manaus, bem como informou dados do Polo Industrial de Manaus.

    Entre os principais potenciais para investimento, segundo ela, estão o minério, água mineral e, na indústria, os painéis solares, cujos processos produtivos básicos já estão aprovados.

    Ana Souza também destacou alguns investimentos para os próximos três anos já anunciados nos segmentos de condicionadores de ar, cabeamento, segurança, duas rodas e etanol e, por fim, convidou os presentes a participarem da Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial, nos dias 27, 28 e 29 de novembro, no Studio 5 Centro de Convenções, uma realização da Suframa com o Instituto Piatam.