‘Bullying’ é tema de oficina realizada com mais de 400 estudantes da rede pública estadual

62

Ceti José Carlos Mestrinho (1)
Ceti José Carlos Mestrinho (1)

‘Bullying’ é tema de oficina realizada com mais de 400 estudantes da rede pública estadual

Ações de prevenção ao bullying nas escolas da rede estadual acontecem durante todo o ano

Fortalecer práticas educativas que valorizem o convívio social harmonioso entre os estudantes da rede pública estadual e prevenir a ocorrência de casos de “bullying” nas unidades de ensino é um trabalho constante da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc).

Na última semana, técnicos da Gerência de Programas, Projetos e Atendimento ao Escolar e da Coordenadoria Distrital de Educação 2, promoveram uma oficina de prevenção ao bullying com mais de 450 estudantes do ensino fundamental da Escola Estadual de Tempo Integral José Carlos Mestrinho, localizada no Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus.

Durante a oficina, foram trabalhados os seguintes aspectos: o que é bullying; cultura de paz; formas de bullying (verbal, físico e material, psicológico e moral, sexual, virtual); envolvidos no bullying (vítima, vítima/agressor, expectador); perfil dos envolvidos; aspectos legais; entre outros.

A gerente de Programas, Projetos e Atendimento ao Escolar da Seduc, Chirley Costa, afirmou que a oficina teve uma participação positiva dos estudantes da rede. “O bullying tem sido uma preocupação na sociedade e principalmente em nossas escolas. A oficina surgiu da necessidade de cada vez mais as escolas discutirem o tema de forma clara e objetiva. Foi planejada com cuidado para que os alunos das diferentes faixas etárias fossem atendidos. Ficamos muito satisfeitos com a participação dos alunos e com o resultado da avaliação da oficina”, disse.

Unidade – Atendendo estudantes do ensino fundamental (1º ao 9º ano), a escola estadual de Tempo Integral José Carlos Mestrinho é a primeira da rede pública estadual do Amazonas a oferecer ensino bilíngue em Língua Francesa.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Retirado de www.amazonas.am.gov.br

Compartilhar