Conselheiro do CNJ reúne-se com desembargadores e juízes da Corte amazonense

178

As reuniões aconteceram na tarde de quinta (15) e na manhã desta sexta-feira (16). 


30841328284_c296d299db_zO conselheiro José Norberto Lopes Campelo, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), reuniu-se em Manaus com juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) para conhecer boas práticas desenvolvidas pela Corte estadual e compartilhar experiências bem sucedidas desenvolvidas por Tribunais de outras regiões. Os encontros aconteceram na tarde da quinta (15) e na manhã desta sexta-feira (16).

Em Manaus desde a última quarta-feira (14) o conselheiro cumpriu agenda de trabalho e conversou, também com dirigentes de demais órgãos do segmento Judiciário, tais como a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE), apresentando o projeto “Diagnóstico para Eficiência no Poder Judiciário”, cujo objetivo é impulsionar o atendimento destinado aos jurisdicionados.

31532923132_165cd3d956_z_copyO projeto, segundo o conselheiro, é organizado em duas fases, cuja primeira, em curso, é obter um diagnóstico das ações de competência das Cortes estaduais e a segunda é propor medidas para que elas possam superar possíveis obstáculos e melhorar a gestão dos processos. “Propomos reuniões com os juízes e também com os desembargadores para apresentar boas práticas que identificamos em Tribunais de outros Estados e que trouxeram avanços na prestação jurisdicional. Viemos para trocar ideias e conhecer melhor o funcionamento da Justiça do Amazonas”, disse, destacando que a mesma visita vem acontecendo em vários Estados.

O conselheiro José Norberto Lopes Campelo destacou, também, o esforço da gestão do desembargador Flávio Pascarelli na busca contínua por melhorias. “Somos sabedores do esforço empreendido pela atual administração 30837551534_0e1935ede2_z_copydo Tribunal na busca por soluções para os problemas vivenciados e por melhores resultados em prol da sociedade”, completou. 31537034932_a54a24ed35_z

Para o presidente em exercício do TJAM, desembargador Jorge Manoel Lopes Lins, a visita e a agenda de trabalho traz boas perspectivas para o Judiciário amazonense. “Nacionalmente, o CNJ preocupa-se com o cumprimento de metas e programações como a desta semana são úteis para auxiliar nossa Corte no aprimoramento dos serviços para alcançarmos as metas propostas”, disse o desembargador Jorge Manoel Lopes Lins.

Na oportunidade, o desembargador João Simões, que coordena a Comissão de Acompanhamento das Metas Nacionais do Poder Judiciário no TJAM, entregou ao conselheiro Norberto Campelo o Relatório sobre o Cumprimento das metas do CNJ em 2016 pela Corte amazonense e os projetos que serão realizados em 2017 já visando as metas do ano que vem.

Texto: Afonso Júnior | TJAM

Fotos: Raphael Alves | TJAM

TJAM

Compartilhar