Corpo de Bombeiros inicia curso de brigadista de incêndio em Apuí no Mutirão de Licenciamento

60

FOTO: VANESSA GAMA/SEMA
FOTO: VANESSA GAMA/SEMA

O Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM) iniciou nesta segunda-feira (09/04), no município de Apuí (distante 347 quilômetros de Manaus) o curso de Brigadista em Incêndio Florestal para um grupo de 23 alunos selecionados pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente daquela cidade. O curso teve início junto da abertura do 1º Mutirão de Licenciamento e Cadastro Rural (CAR), realizado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), na sede do município.

A ação faz parte do calendário das atividades da Agenda Positiva de Políticas Públicas Ambientais do Governo do Estado no interior, que ainda vai percorrer os municípios de Boca do Acre (distante 1.028 quilômetros da capital) e Parintins (369 quilômetros de Manaus). O trabalho é realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas, Instituto de DesenvolvimentoAgropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e a prefeitura de Apuí.

De acordo com o soldado BM Carlos Alves, esse é o primeiro treinamento do ano de 2018 e pretende orientar produtores rurais sobre a importância da prevenção e do combate ao incêndio em reservas florestais. O ultimo curso foi realizado há aproximadamente oito meses e formou 60 brigadistas, segundo o militar.

Alves informou que o último levantamento do Instituto Nacional de Pesquisa Especial (Inpe), revelou que foram captados 12 mil focos de incêndio no Estado, sendo desse total 1,8 mil em Apuí. “Por isso a necessidade de palestrar sobre a educação do controle do fogo, da queimada, e preparar esses brigadistas para trabalhar caso venha ocorrer um incêndio de grande proporção”, disse.

O curso tem carga horária de 32 horas, dividida entre treinamentos teórico e prático. Na aula prática os alunos vão para campo aprender a fazer incêndio controlado, e cuidados que devem ser tomados para que o fogo não se espalhe, além de participar de simulação de situações reais, como por exemplo, conduzir vítimas até o hospital.

No encerramento do curso os alunos receberão um certificado de brigadista, estando assim aptos a atuarem como tal, em casos reais.

Retirado de

Powered by WPeMatico

Compartilhar