Governo do Estado trabalha parceria com a Copa Airlines

69

FOTO: DIVULGAÇÃO/AMAZONASTUR
FOTO: DIVULGAÇÃO/AMAZONASTUR

O Governo do Estado trabalha parceria com a Copa Airlines para os eventos internacionais que o Amazonas vai participar nos Estados Unidos. Durante a reunião, que ocorreu na terça-feira (06/02), o presidente da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Orsine Junior, conversou com a coordenadora de vendas da companhia aérea, Ana Leite, para negociar apoio da companhia aérea na logística e transporte de pessoal envolvidos nos eventos.

Neste ano, o Estado terá dois grandes eventos em Washington, capital do Estado Unidos. O primeiro, o “Passport Day”, acontece em maio e vai promover um dia de visitação na casa do embaixador do Brasil, onde o tema será o Amazonas, destacando entre outros atrativos o Festival de Parintins.

O segundo grande evento será a Semana do Amazonas, de 05 a 13 de setembro, que vai mostrar aos norte-americanos as riquezas do Estado, dentre elas a pesca esportiva, o etnoturismo, o turismo de aventura, de sol e praia e ainda a beleza da cultura amazônica. Neste período também estão programadas duas apresentações no The Kennedy Center, umas das principais casas de espetáculos dos Estados Unidos.

Voos sazonais – Outro assunto tratado foi a proposta de voos sazonais para a temporada de Pesca Esportiva vindo possivelmente de Dalas, no Texas, que tem grande público para o segmento. Também foram avaliadas ações de promoção do destino no exterior nas cidades americanas onde a Copa Airlines atua diretamente e ainda na Cidade do Panamá, onde fica a sede e principal hub da companhia.

“Tivemos uma conversa boa com a Copa que acredita muito no Destino Amazonas. Vamos afinar essa parceria para conseguir esse voo diário para o nosso Estado”, disse o presidente da Amazonastur, Orsine Junior.

Voos diários – De acordo com a coordenadora de vendas, Ana Leite, a empresa tem muito interesse no mercado do Amazonas e existe estudo para implementar voos diários na capital, visto que a demanda emissiva é grande. Em dezembro de 2017, Manaus foi o terceiro melhor voo da companhia, ficando atrás somente de São Paulo e Rio de Janeiro.

“Estamos vendo muitas possibilidades aqui e ainda percebemos que os interesses da Copa e do Governo do Amazonas são comuns no sentido de promover atrativos como, por exemplo, a pesca esportiva, e de ter mais voos receptivos em Manaus”, declarou Ana Leite.

Retirado de

Powered by WPeMatico

Compartilhar