Museu nos EUA exibe cão mumificado e perfeitamente preservado dentro de tronco de árvore

257

Por: www.jornalciencia.com

O animal, que possivelmente morreu de fome, foi encontrado em 1980, quando madeireiros da Kraft Corporation, cortavam carvalhos na região. Stuckie agora é atração principal do museu de árvores Forest World, localizado em Waycross.

 

O corpo de Stuckie, que era um cão de caça, ficou alojado em um trecho oco próximo ao topo da árvore. Ao invés de decomposto, ele foi mumificado devido ao fluxo ascendente de ar no tronco, que ocultou o cheiro dos insetos.

cachorro-mumificado_1

Ao invés de mandar a árvore para a madeireira, os funcionários da Kraft doaram o achado para o Forest World. O cão então foi nomeado como Stuckie após um concurso de nomes realizado em 2002.

Estima-se que corpo possa ter permanecido na árvore por aproximadamente 20 anos antes ser descoberto pelos madeireiros. Especialistas acreditam que ele provavelmente estaria perseguindo algum animal pequeno no momento em que ficou preso no tronco oco a cinco metros de altura.

cachorro-mumificado_2

De acordo com um comunicado de imprensa do museu, a mumificação ocorreu segundo um efeito chamado chaminé, que fez com que o cheiro do animal morto fosse levado para longe dos insetos e outros organismos responsáveis pela mumificação. Além disso, a árvore oca também proporcionou um ambiente relativamente seco, interrompendo a atividade microbiana. Enquanto isso, o ácido tânico, presente no carvalho, ajudou a endurecer a pele do animal.

 

Segundo o gerente do museu, Brandy Stevenson, o que as pessoas sempre perguntam é como Stuckie acabou preso dentro. “Bem, ele era um cão de caça. Talvez ele estivesse atrás de um guaxinim”, disse. “Pobrezinho. Sinto muito por ele”.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

O post Museu nos EUA exibe cão mumificado e perfeitamente preservado dentro de tronco de árvore apareceu primeiro em Jornal Ciência.

Jornal Ciência

Compartilhar