Blog Page 3

Prefeitura de Manaus apresentou serviços e programas em evento

0

Para apresentar os serviços desenvolvidos pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), a Prefeitura de Manaus promoveu nesta sexta, 20/12, a I Mostra de Práticas Sociais do órgão, que desenvolve o trabalho de gerenciar quatro políticas públicas municipais.

O evento ocorreu no auditório Isabel Victória de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede do Executivo municipal, localizada na avenida Brasil, no bairro Compensa. “Nossa secretaria está mostrando o que ocorre no dia a dia, por meio da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto.

Nós contamos com o apoio de todas as secretarias para possibilitarmos à comunidade melhores formas de desenvolvimento e de garantia de direitos”, destacou a titular da Semasc, Conceição Sampaio.

A mostra buscou destacar as atividades realizadas para o desenvolvimento das políticas públicas municipais da mulher, assistência social, direitos humanos e segurança alimentar e nutricional.

Cada departamento da Semasc levou um exemplo de serviços para o local, exemplificando a execução de projetos e programas por meio de vídeos institucionais e palestras. Houve depoimentos de pessoas que conseguiram resgatar seus direitos e sua cidadania.

“É uma forma de mostrar para a população o que fazemos todos os dias para eles. É muito gratificante ver que todo esforço vale a pena, ainda mais quando presenciamos as histórias que graças a Deus, tiveram finais felizes”, disse a diretora de Departamento de Proteção Social Básica (DPSB), Lenise Trindade.

Os estandes foram montados com apresentações de banners explicativos, cartazes, maquiagens e cosméticos, doces e sucos de alimentos reutilizados, além de objetos de artesanato e enfeites de produção caseira, como sandálias bordadas, enfeites de Natal, cabanas, velas, sabonetes, guardanapos, lembranças e muito mais.

“Nós trouxemos o que fizemos pelas nossas próprias mãos e é maravilhoso estar com as técnicas e fazer parte desses projetos, a gente ocupa a mente e participa de muita coisa,” relatou a aposentada Maria Auxiliadora, 60 anos.

O grupo Ucalelê, do projeto Oca do conhecimento feito em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), animou a mostra com apresentações dos corais e grupos de crianças e adolescentes, junto com projeto Bombeiro Mirim com apresentações cívicas.

 

Biblioteca Municipal de Manaus chega a 70% da restauração

0

Com 70% da obra concluída, a Biblioteca Municipal João Bosco Evangelista deverá ser reaberta pela Prefeitura de Manaus em fevereiro de 2020. Situada na esquina da rua Monsenhor Coutinho, o prédio compõe um importante conjunto arquitetônico do Centro Histórico de Manaus. Os serviços, agora, são de pintura e acabamento interno, além da montagem da estrutura do elevador.

“É mais uma importante parte da história de Manias sendo resgatada para compor nosso projeto de revitalização do Centro Histórico de Manaus. Essa é uma obra há muito tempo esperada pelo povo de Manaus e que não tenho dúvida será motivo de muito orgulho”, destaca o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Estão sendo resgatadas características arquitetônicas do prédio, que recebe adaptação ao ar moderno do século 21, incluindo sala de projeção, área de acervo em braile, um café box para atendimento aos frequentadores e itens específicos de acessibilidade, como elevador, piso tátil e banheiros para portadores de necessidades especiais.

“Em vários cenários de antigamente, fizemos pesquisas iconográficas do imóvel, trazendo assim a originalidade do local. Por se tratar de um restauro, temos que cuidar de vários aspectos da história, assim aproveitando as peças antigas e substituindo apenas o que não é possível de ser reaproveitado”, explica o coordenador técnico do programa “Manaus Histórica”, Daniel Herszon.

Instalações elétricas, forro de madeira, execução da escada metálica, esquadrias, divisórias em gesso acartonado e revestimento nos banheiros estão sendo executados. Para o presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Cláudio Guenka, os projetos do “Manaus Histórica” ganham em viabilidade para seguir a transformação necessária do Centro.

A empresa Biapó Construtora faz a execução da reforma e restauro, tendo sido a vencedora da licitação. Com foco em restaurações artísticas, a Biapó tem preocupação com o humano e a história presentes nas cidades onde atua.

História

O prédio datado do início do século 20 é um sobrado de características arquitetônicas ecléticas, quando Manaus experimentou o apogeu do ciclo da borracha. No edifício, durante muitos anos ficou sediada a “Liverpool School of Tropical Medicine”, instituição fundada em 1898 e primeira no mundo dedicada à pesquisa e ao ensino em medicina tropical. Ao longo do restante do século 20, após o fechamento da escola, o edifício esteve em propriedade de particulares.

No final da década de 70 e início dos anos 1980, nele funcionou uma lanchonete e botequim bastante frequentado, o Pinguim.Em 1995, o prédio foi desapropriado pela Prefeitura de Manaus.

A Biblioteca Pública Municipal teve a sua primeira sede na avenida Joaquim Nabuco, passando a ocupar o endereço na rua Monsenhor Coutinho em 1997. A biblioteca tem o nome do professor, escritor e poeta João Bosco Evangelista (1938-1973), que foi um dos célebres fundadores do “Clube da Madrugada”.

O imóvel foi devidamente recuperado e adaptado para receber o acervo vasto amazônico, periódicos, entre jornais e revistas, e documentos especiais, como obras raras datadas do século 17.

O prédio-sobrado foi fechado para reforma em agosto de 2011 e seu acervo abrigado, temporariamente, na Casa do Restauro, na rua Costa Azevedo. A biblioteca é vinculada à Manauscult e integra o Sistema Nacional de Bibliotecas.

Startup amazonense cria plataforma para inclusão de autistas

0

A startup WeAction foi uma das selecionadas pela Feira de Investimentos do Academic Working Capital (AWC) e apresentou seu projeto em São Paulo

Dificuldades de interação social, de se comunicar, de domínio da linguagem e comportamento repetitivo e restritivo são as principais características de quem vive com o Transtorno do Espectro Autista (TEA), ou popularmente conhecido autismo.

No mundo, os órgãos estimam que há 70 milhões de autistas, e, desses, cerca de 2 milhões no Brasil, conforme a Revista Autismo. No Amazonas, não há um dado tão preciso, mas os institutos e associações estimam que há, pelo menos, 20 mil pessoas com o autismo.

Políticas Nacionais

Nos últimos anos, o país vem vivendo uma série de transformações em prol dos autistas, atém da lei que disciplina o acesso prioritário no atendimento as pessoas com o espectro, nesse mês de dezembro foi aprovada no Congresso Federal, o Projeto de Lei (OL) 2.573/2019, que institui a carteira de identificação da pessoa com transtorno do espectro autista, e carece apenas de sanção da presidência.

A Carteira Nacional de Identificação será gratuita para quem comprovar o autismo através de diagnóstico médico. O objetivo é garantir a atenção integral, pronto atendimento e prioridade no acesso e atendimento aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Entre os benefícios, está a obrigatoriedade dos cinemas, em oferecer uma sessão mensal destinada a pessoas com o espectro autista, com os recursos de acessibilidade necessários.

Inovação para os autistas

A Revista Autismo confirma o lançamento para 2020, da primeira rede social para autistas e familiares, a tismoo.me, que pretende unir os envolvidos pela causa em um única plataforma, como médicos, terapeutas, educadores, escolas, indústria farmacêuticas, hospitais e demais entes, com o objetivo de trocar informações mais precisas e de qualidade entre o ecossistema autista.

Outra ação desenvolvida é o projeto da startup WeAction, uma plataforma que busca incluir pessoas autistas no âmbito escolar, fundada pelos empreendedores Jéssica Sampaio e Bruno Lopes.

“Um desafio é conseguir incluir o aluno TEA em uma sala de aula. Os pais não conseguem matricular seus filhos nas escolas regulares, principalmente por não serem preparadas para atender o público autista, com professores e profissionais que ainda não sabem lidar com eles.

Diante desse problema tão sério, criamos a WeAction, com o objetivo de incluir o aluno autista na sala de aula, gerar mais inclusão e termo uma maior quantidade de autistas nas escolas”, ressalta Jéssica.

A startup, que atuará diretamente com educação inclusiva pretende auxiliar as escolas, professores e pais dos autistas, para em conjunto, tratarem o desenvolvimento dos alunos com o espectro. Com um diferencial social, o projeto foi selecionado pelo programa de empreendedorismo universitário, Academic Working Capital (AWC), do Instituto Tim.

“Nosso projeto foi selecionado pelo AWC, e representamos o Amazonas na edição 2019 da Feira, em São Paulo, que aconteceu nesta quarta-feira (18). E participar desse evento é  de imensa gratidão, pois passamos por mentoria e acompanhamento o ano todo. Então, agora estamos com o projeto finalizado pra iniciarmos os testes em escolas”, conta.

Em 2019, participaram da AWC, alunos de 27 faculdades de seis estados do Brasil e do Distrito Federal, onde receberam workshops e orientação de negócios e recursos financeiros para apresentarem seus produtos a investidores e especialistas.

Médicos manauaras participam de capacitação em educação especial

0

Para a capacitação foram disponibilizadas 60 vagas para pediatras que fazem parte do quadro da Prefeitura de Manaus e 20 vagas para profissionais do quadro funcional da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), divididos em turmas nos turnos matutino e vespertino.

“A qualificação profissional é fundamental para que possamos oferecer atendimento cada vez mais especializado em nossa rede. Na gestão do prefeito Arthur Neto, esse é um público cujo cuidado recebe atenção especial.

Por isso, nossos médicos precisam estar bem preparados, atualizados, qualificados. Capacitações como essa, além de enriquecerem o currículo dos profissionais, possibilitam que nossos pacientes tenham atendimento adequado, de acordo com suas necessidades”, destacou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

A capacitação está sendo conduzida pela médica psiquiatra Sônia Maria Motta Palma, referência na identificação e tratamento do TEA com ampla formação e experiência prática acadêmica na área, além de possuir vasta atuação na rede municipal de saúde, possibilitando o aproveitamento prático, de acordo com a realidade do Sistema Único de Saúde (SUS).

TEA

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um transtorno do desenvolvimento neurológico, caracterizado por dificuldades de comunicação e interação social e pela presença de comportamentos e/ou interesses repetitivos ou restritos.

Apesar de haver evidências de que tais comportamentos atípicos sejam claramente perceptíveis a partir dos 12 meses de idade, o diagnóstico do TEA tem ocorrido, em média, aos quatro ou cinco anos de idade. A intervenção precoce tem o potencial de alterar o prognóstico e suavizar os sintomas do transtorno.

Cursos profissionalizantes gratuitos são ofertados em Manaus

0

Em mais uma ação qualificação profissional, a Prefeitura de Manaus certificou mais de 290 alunos de cursos profissionalizantes nesta quarta-feira, 18/12, no auditório Rio Negro, inaugurado recentemente pelo prefeito Arthur Virgílio Neto na galeria dos Remédios, Centro Histórico de Manaus.

Os alunos foram certificados por meio dos projetos do “Sine Jovem” e do “Manaus Mais Empreendedora”, da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), e participaram de cursos gratuitos voltados ao comércio, indústria e administração.

“Em 2016, o prefeito Arthur Virgílio Neto deu uma nova direção à secretaria. A partir daí, trabalhamos incansavelmente para seguir as diretrizes propostas por ele. A capacitação, a implementação da cultura do empreendedorismo, estão aliadas à melhoria de vida e ao desenvolvimento socioeconômico do nosso município”, ressaltou o subsecretário de assuntos administrativos da Semtepi, Paulo Tyrone.

A Mega Cursos e Treinamentos e a Proagile Service – Cursos e Aperfeiçoamento Profissional, foram os principais parceiros desses projetos, onde cursos como agente de portaria, secretariado, auxiliar de RH e gestão de pessoas, além de técnicas de vendas, atendimento ao cliente e marketing pessoal, foram ofertados gratuitamente por meio de editais.

Em sua fala, o diretor da Mega Cursos, Antônio Carlos, pediu para que os alunos não desistam de seus objetivos. “Continuem no caminho da educação e lutem por seus sonhos. Se capacitem, cada vez mais, estejam atualizados e aproveitem todas as oportunidades boas que virem pela frente”, disse.

Também presente no evento, o secretário municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria, Rodrigo Guedes, falou da importância de ter profissionais qualificados à disposição do mercado.

“Esses cursos são a porta de entrada para o mercado de trabalho. Nossos postos de trabalho precisam de pessoas qualificadas e preparadas para ocupá-los. Então, não desistam, continuem estudando e se atualizando”, concluiu.

Esperança

Ligiany Lira já participa dos cursos da Semtepi há pelo menos seis meses e conta que as aulas lhe derem uma nova visão de vida. “Eu estava parada há muito tempo e sem perspectiva alguma. Conheci a secretaria nas redes sociais, comecei a acompanhar e de cara já me inscrevi nos cursos.

Graças às aulas e aos professores incríveis que tive consegui sair da depressão. Eu acordei e comecei a enxergar novas chances, novos horizontes e ninguém pode me tirar isso. Sou eternamente grata à Prefeitura de Manaus por tantas oportunidades oferecidas à população”, contou emocionada.

 

Semsa Manaus completa 44 anos

0

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, destacou o esforço da prefeitura para fortalecer a atenção básica de saúde durante cerimônia de comemoração dos 44 anos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A solenidade aconteceu na tarde desta terça-feira, 17/12, no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede da Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, zona Oeste.

Dentre todos os destaques positivos que a Semsa acumula no ano de 2019, o prefeito enfatizou a Escola e Saúde Pública de Manaus (Esap) como um dos pontos positivos. De acordo com ele, todas as atividades voltadas, a residências em saúde, especializações, projetos de extensão e cursos de aperfeiçoamento são custeados, em quase sua totalidade, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e auxilia no fortalecimento dos serviços oferecidos à população.

“Foram muitas realizações, conquistas e importantes inaugurações esse ano, porém a Esap representa uma verdadeira reviravolta na luta para termos uma cobertura muito maior na assistência básica. Oferecemos uma bolsa de R$ 12 mil para médicos fazerem sua residência trabalhando nos bairros de Manaus, se especializando e já nos deram um ganho de 10% na assistência básica de saúde”, ressaltou.

Na ocasião, o prefeito lembrou que nos mais difíceis momentos da crise econômica, ele teve que priorizar o que era mais importante, não deixar de cumprir o pagamento salarial dos servidores.

“Eu falei dos meus compromissos com a Semsa. Eu não acho que o profissional da saúde seja sacerdote que não precise de dinheiro para viver. Eu entendo que são carreiras que devem ser prestigiadas e são pessoas que tem seus compromissos e merecem ter um salário condigno que um gestor responsável possa pagar.

Na época de maior dificuldade eu deixei de lado muitas obras para honrar e pagar todos que trabalham, como esses valorosos servidores da Semsa a quem dedico esses 44 anos da secretaria”, comemorou Arthur.

Bióloga brasileira ganha prêmio internacional pela conservação da fauna silvestre

0

Bem recentemente demos uma excelente notícia referente ao trabalho realizado pelo Projeto Onças do Iguaçu, no sul do Brasil. Um censo revelou o aumento da população das onças-pintadas na região.

Segundo o levantamento, em 2018, foram contabilizadas 105 felinos da espécie, no chamado “Corredor Verde”, que compreende áreas do Brasil e Argentina, um crescimento de 15% em relação a 2016, quando foram observados 90 indivíduos.

Agora, um prêmio internacional traz ainda mais reconhecimento ao trabalho realizado pelo projeto. A bióloga Yara Barros foi a vencedora do Ron Magill Conservation Heroes Award, que identifica a contribuição excepcional de profissionais e projetos à conservação da fauna silvestre na América Latina e no Caribe.

A premiação é concedida anualmente pelo Zoo Conservation Outreach Group (ZCOG), uma coalizão sem fins lucrativos de zoológicos, aquários e parceiros relacionados, dedicados a promover a vida selvagem e a preservação de habitat nas Américas.

A bióloga paulista, Yara de Melo Barros, trabalhou durante sua carreira toda em projetos de campo. Há dois anos faz parte do Onças do Iguaçu, do qual é coordenadora. “É muito bacana ter esse reconhecimento internacional. Trabalho de uma equipe super dedicada”, comemorou Yara. Como prêmio material, o projeto receberá equipamentos: armadilhas fotográficas e transmissores para armadilhas.

O trabalho realizado pelo Onças do Iguaçu não se restringe apenas ao monitoramento desses animais, mas engloba ações de educação e conscientização, fundamentais para que as pessoas possam entender a importância da conservação e do respeito às onças-pintadas e seu habitat para a sobrevivência de espécie, tão ameaçada.

Onças-pintadas: os maiores felinos das Américas

A onça-pintada (Panthera onca), também chamada de jaguar, originalmente era encontrada desde o sudoeste dos Estados Unidos até o norte da Argentina. Atualmente, a espécie está oficialmente extinta nos Estados Unidos, é muito rara no México, mas ainda pode ser vista na Argentina, Paraguai e Brasil. Devido à perda de habitat e a fragmentação da mata, provocados pelo desmatamento, pesquisadores chegaram a afirmar que a onça-pintada pode desaparecer da Mata Atlântica.

A espécie já perdeu 85% de seu habitat e sobrevive em apenas 2,8% do bioma atlântico, em grupos muito pequenos: existem menos de 300 indivíduos. Se nada for feito, acredita-se que, em 50 anos ela desaparecerá do país, ou seja, o terceiro maior felino do mundo e o maior do continente americano deixaria de ser visto pelas próximas gerações.

Conferência debate direitos da pessoa com deficiência em Manaus

0

Abordando a temática “O controle social frente aos dez anos da Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU”, a Prefeitura de Manaus realizou nesta sexta-feira, 13/12, a III Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Manaus.

O evento ocorreu no parque municipal do Idoso, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, e finalizou com a eleição das Instituições da Sociedade Civil para membros do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoas com Deficiência (CMDPD).

Durante o evento deliberativo, foi realizada a plenária final onde os participantes puderam sanar todas as dúvidas junto aos expositores da mesa. A conferência finalizou com a eleição de 13 titulares e 13 suplentes entre as concorrentes da sociedade civil, que serão empossados como membros do conselho no próximo ano.

“Na conferência nós tivemos um resultado muito positivo porque conseguimos preencher todas as vagas da sociedade civil, e hoje discutimos um tema muito importante que é o controle social. Eu me sinto muito satisfeito, pois conseguimos fazer a discussão do tema e realizar a eleição, que era o objetivo principal da nossa nomeação”, salientou o presidente do CMDPD, Neyrimar Barreto.

O público presente participou de discussões, palestras e mesa-redonda sobre o protagonismo da pessoa com deficiência no controle social

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Manaus é um órgão vinculado à Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), que de acordo com a lei municipal nº 1.170/ 2007, tem a função de controlar e fiscalizar a Política de Atenção à Pessoa com Deficiência e do Fundo Municipal de Apoio à Pessoa com Deficiência, cabendo a ele assegurar o pleno exercício dos direitos básicos, para que propiciem o bem-estar pessoal, social e econômico.

Uma nova Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Manaus será realizada no primeiro semestre de 2020, e nela serão aprovadas as propostas que consecutivamente serão levadas para as etapas estadual e nacional, bem como a eleição de delegados que representarão o município nas outras esferas.

De acordo Margareth Cordeiro, coordenadora do projeto Cine Azul, que leva opções de lazer às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), a importância de participar de eventos como estes é fundamental.

“Nós acompanhamos a luta para a realização desta conferência, e o meu olhar para ela é de esperança, de acreditar que a partir desta conferência, podemos realizar muito mais, acreditando que podemos reescrever uma nova história aqui no município para as pessoas com deficiência”, disse.

Reativação

A reativação do CMDPD se deu por meio do decreto municipal n° 4.576/2019, em caráter emergencial, pelos próximos 180 dias, para a realização da III Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, e posteriormente a eleição dos representantes da sociedade civil, para o mandato ordinário e os atos estritamente necessários para composição do conselho.

Procon Manaus bate recorde em atendimentos de conciliação

0

Como parte do fortalecimento das ações em defesa do direito do consumidor, a Prefeitura de Manaus registrou recorde na realização de audiências de conciliação da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria – Procon Manaus (Semdec). Foram 3.991 atendimentos somente em 2019, o que representa um aumento de 243% em relação ao ano anterior.

Segundo o prefeito Arthur Virgílio Neto, o crescimento mostra o amadurecimento das ações em defesa ao consumidor. “O Procon Manaus começou tímido, ainda como um órgão dependente de outra estrutura, quando era ligado à Casa Civil.

Agora, com status de secretaria, ampliou sua capacidade de atuação, seja em fiscalizações, seja no recebimento de denúncias e nas conciliações junto às empresas”, destaca o prefeito.

Dos 3.991 atendimentos registrados, 2.571 resultaram em acordos entre consumidor e empresas privadas, representando 63% do total. O número de demandas desse tipo triplicou, chegando a 143% a mais comparado a 2018.

Para o secretário-interino da Semdec, Rodrigo Guedes, os números representam maior confiança do cidadão manauara nos serviços prestados pelo órgão e o comprometimento do Procon Manaus no que se refere aos direitos do consumidor. “Percebemos que os consumidores veem uma autenticidade e seriedade no nosso trabalho, por isso a alta procura”, explica.

Guedes informa, ainda, que o Procon Manaus é procurado após diversas tentativas do consumidor com a empresa. “Atendemos consumidores com os mais diferentes tipos de rendas, sempre em busca de negociar após tratativas malsucedidas com as empresas. Para o lado do empresário também é positivo, porque encerra um processo que poderia ser longo, evitando danos morais e materiais na Justiça”, diz secretário.

Como funcionam as audiências

As audiências de conciliação ocorrem na sede da Semdec, localizada na rua Afonso Pena, 38, Praça 14 de Janeiro, zona Sul, no horário de 8h às 14h. Os encontros contam com a presença do consumidor ou seu representante legal e o representante da empresa reclamada. Segundo a gerente de conciliação do órgão, Ana Lins, o tempo médio do processo é de 30 a 40 dias.

“Desde o momento em que o consumidor abre uma solicitação e apresenta sua queixa, nós trabalhamos para dar celeridade ao processo. A empresa recebe a notificação e tem tempo hábil para apresentar defesa e enviar um representante.

Quando fazemos um acordo, o documento tem valor legal e é encaminhado e homologado no 2º juizado especial. Ou seja, há uma autenticidade e seriedade no trabalho que fazemos em prol do consumidor”, explica Lins.

Ela ressalta, ainda, que o objetivo para o próximo ano é tornar mais célere as notificações para que os processes sejam mais eficazes. “Quanto mais nos empenharmos em atender as demandas e reduzir o tempo das audiências, melhor para ambas as partes, pois sabemos que o consumidor é o maior prejudicado na situação”, finaliza a gerente.

Ranking das mais reclamadas

As maiores queixas registradas no Procon Manaus são das concessionárias de água e luz. Das empresas mais reclamadas este ano, em primeiro lugar no ranking está a Amazonas Distribuidora de Energia, seguida da Águas de Manaus. Em 3º lugar a Oi Telefonia, 4º a Vivo Telefônica, 5º Claro/NET, 6º Tim Celular, 7º Sky Brasil; 8º Claro Móvel, 9º Uninorte Laureate e em 10º a Bemol.

“O maior número de reclamações se refere aos valores das faturas e cobrança indevida, além da má prestação de serviços. As empresas devem honrar o contrato e devem atender o consumidor da melhor forma”, defende a gerente de conciliação do Procon Manaus, Ana Lins.

Mutirão com recorde

Em setembro, o Procon Manaus realizou um Mutirão de Negociação. A ação ocorreu em dois dias e gerou 1.986 atendimentos. Desses, 1.794 foram acordos entre as empresas Águas de Manaus, Amazonas Energia e NET/Claro.

Consumidores podem entrar em contato com órgão via redes sociais, para esclarecer dúvidas ou enviar denúncias, assim como pelo telefone, em ligação gratuita, de número 0800 092 0111 ou via WhatsApp pelo (92) 98842-3030.

Prefeitura de Manaus e a UFAM promovem curso de MBA

0

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e o reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sylvio Puga, assinaram nesta segunda-feira, 16/12, um convênio para a realização de um MBA (Master of Business Administration) em Gestão Pública.O curso será ministrado na Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi) e serão oferecidas 45 vagas gratuitas para servidores municipais.

“Quanto mais pudermos fazer a especialização de nossos servidores, melhor será a qualidade do nosso serviço”, destacou Arthur, citando como exemplo o que ocorre na educação, onde a qualificação dos educadores está diretamente vinculada à melhoria dos índices. “Tem ligação ou não tem ligação a pós-graduação dos professores com os melhores indicadores que obtivemos no Ideb?”, indagou.

“É uma grande parceria com a Ufam. É sensacional, porque vamos oferecer MBA aos servidores, o que é um grande complemento ao que a Espi vem fazendo para providenciar a melhoria dos nossos serviços”, ressaltou o prefeito, evidenciando a parceria com a Ufam e sua ligação emocional com a instituição, por conta de seu pai, o senador Arthur Virgílio Filho.

Durante a assinatura, o reitor destacou que a Ufam recebeu, este ano, três avaliações do Ministério da Educação (MEC), com nota 4, que reafirmam a instituição como universidade de excelência. As avaliações foram para a Educação à Distância, recredenciamento educacional e, na semana passada, o Índice Geral de Cursos.

Esses indicadores deixaram a Ufam no universo de 21% de universidades que obtiveram essa nota. “Esses resultados são fruto do esforço de toda a nossa comunidade que permitiu colocar a nossa instituição nesse patamar. E assim estamos honrando o legado que nos deixou o senador Arthur Virgílio Filho, que pensou a Ufam como uma universidade de excelência”, disse Sylvio Puga.

Segundo o secretário municipal de Administração, Planejamento e Gestão, Lucas Bandiera, outras capacitações estão em planejamento. “Valorizar o servidor é uma coisa que o prefeito já demonstrou que gosta e sabe fazer.

E fortalecer a escola do servidor é muito importante. Esse curso é o primeiro de muitos que virão para que possamos ter servidores cada vez mais qualificados e, com isso, um serviço melhor”, disse.

A diretora-geral da Espi, Stella Cirino, lembrou que esse convênio está sendo idealizado desde 2016, quando foram estudados o plano de trabalho e a metodologia. “E quero informar, também, que já está sendo estudada na Câmara Municipal de Manaus uma modificação nos programas de socioinclusão da prefeitura. Queremos destinar 10% das vagas dos três programas aos servidores públicos”, adiantou.