Polícia Civil prende trio envolvido em furtos a estabelecimentos comerciais na capital

30

FOTO: Robson Adriano
FOTO: Robson Adriano

O delegado Adriano Felix, representante da Polícia Civil do Amazonas e titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), falou, na tarde desta quarta-feira (7/3), durante coletiva de imprensa, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento de mandados de prisão temporária por furto qualificado em nome de Aluizo Marques Gomes, 42, conhecido como “Imperador”; Daniel dos Santos Bezerra, 32, e Heldo Pereira de Araújo, 28.

De acordo com a autoridade policial, os mandados de prisão temporária por furto qualificado foram expedidos no dia 24 de fevereiro deste ano, pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 9ª Vara Criminal. Conforme Felix, a equipe de investigação da Derfd logrou êxito nas prisões dos infratores na tarde de terça-feira (6/3), por volta das 15h, nas zonas norte, sul e leste da capital. O titular da Derfd afirmou, ainda, que o bando estava sendo investigado pela autoria de furtos a estabelecimentos comerciais na capital.

“Aluizo foi preso na rua 210 do bairro Cidade Nova, zona norte. Já Daniel foi preso na rua Doutor João de Paula, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste. A prisão de Heldo ocorreu na rua Rio Trombetas, bairro Petrópolis, zona sul da cidade. Todos foram presos em via pública, nos endereços supracitados”, explicou o delegado.

Conforme o titular da Derfd, o trio furtou R$ 83 mil em espécie de cofres de quatro unidades distintas de uma rede comercial, situadas na avenida Djalma Batista, bairro Chapada, zona centro-sul; avenida Autaz Mirim, bairro São José Operário, zona leste; bairro Cidade Nova, na zona norte, e bairro Cachoeirinha, zona sul.

“Aluizo é apontado como chefe dessa associação criminosa. Os infratores alugavam imóveis nas proximidades dos estabelecimentos alvos dos delitos e, no período da noite, entravam nos locais, arrombando portões ou quebrando paredes, e subtraíam altas quantias em dinheiro. Obtivemos a informação de que mais de seis estabelecimentos comerciais foram furtados e até roubados por essa associação”, ressaltou Felix.

Passagem pela polícia – Após serem conduzidos à delegacia, foi constatado, durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), que o trio já tinha passagem pela polícia por roubo e furto. No dia 4 de março de 2016, inclusive, “Imperador” foi preso pelas equipes da Derfd, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por roubo majorado e furto qualificado. O infrator tem passagem pela polícia, também, por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Indiciamento – Aluizo, Daniel e Heldo foram indiciados por furto qualificado e associação criminosa. A autoridade policial destacou que foi solicitado à Justiça a conversão dos mandados de prisão temporária para preventiva. Os infratores irão permanecer na carceragem da especializada até o término dos procedimentos cabíveis em torno do caso.

Retirado de

Powered by WPeMatico

Compartilhar