Site cria banco de dados com nomes de homens que cometeram assédio

40
Site cria banco de dados com nomes de homens que cometeram assédio

A onda de denúncias de assédio sexual que tomou Hollywood nos últimos meses ganhou uma espécie de cadastro on-line. O site Rotten Apples (maçãs podres) é um banco de dados que informa quais produções têm homens acusados de terem cometidos alguma violação sexual.

O serviço inclui no banco de dados produtores, diretores, atores e roteiristas. Ainda em formação, o site permite que o usuário informe quando surgir algum erro ou não tiver um nome associado à produção.

O sistema é simples. Basta digitar o nome de uma produção — pode ser filme ou série — e a página informa o nome da pessoa acusada de assédio, além de um link para uma notícia. Por exemplo, quando se digita House of Cards, surge a chancela Rotten Apples, o nome de Kevin Spacey e um link para a notícia do USA Today.

O site reconhece o título em português também — o Canaltech fez um teste com dois títulos. Em Operação Valquíria, dirigido por Bryan Singer, o resultado mostrou o nome do diretor e o link para a notícia do Buzzfeed. Já A Hora do Rush apontou o nome do diretor Brett Ratner e a notícia do LA Times.

Quando o resultado dá negativo, surge a foto da produção sob o termo Fresh Apples (maçãs frescas). Testamos em português para O Assassinato no Expresso do Oriente. No resultado, apareceu a foto do diretor e ator Kenneth Branagh caracterizado no personagem do filme e o texto: “Este filme não tem associação conhecida a qualquer pessoa com alegações de má conduta sexual contra ela. Se você acredita que isso é um erro, informe-nos e vamos corrigi-lo o mais rápido possível”.

Então, o usuário deve digitar seu nome e colocar o link com a notícia.

Tela principal do site Rotten Apples

O Rotten Apples, em sua seção de tira-dúvidas, informa que o “objetivo é aumentar ainda mais a conscientização sobre a má conduta sexual generalizada no cinema e na televisão e facilitar o consumo de mídia ética”.

O texto ressalta: “De modo algum este site pretende servir como condenação de um projeto inteiro”.

Canaltech

Revista Amazônia – Muitas Amazônias uma só revista

Retirado de

Powered by WPeMatico

Compartilhar