Décadas de procedimentos policiais nos ensinaram que nenhum assassinato é impossível de solucionar.

Mesmo se as circunstâncias crime deixam todos confusos, há sempre um investigador brilhante capaz de solucionar o caso. Mas não é assim que as coisas funcionam no mundo real, onde assassinatos bizarros só levantam mais e mais perguntas. Confira 5 mortes estranhas que permanecem sem explicação pelas autoridades.

5. 1 – Albert Dekker

O ator norte-americano Albert Dekker morreu de uma forma muito misteriosa e bizarra. Ele foi encontrado enforcado com um cinto amarrado em uma maçaneta, os olhos vendados, amordaçado e também com os pés e mãos amarrados. Logo surgiu a hipótese de asfixiofilia, quando a emissão de oxigênio para o cérebro é interrompida intencionalmente durante a estimulação sexual com intuito de aumentar o prazer. Outros famosos já morreram desse jeito, como o ator David Carradine e o vocalista do INXS Michael Hutchence.

mortes-bizarras_1

Mas, além disso tudo, Alberto foi encontrado com uma agulha fincada em cada braço, um desenho de vagina na sua barriga e mensagens e palavrões escritos com batom pelo seu corpo. O que torna esse crime curioso e sem explicação é o fato de o corpo ter sido achado no banheiro com a porta trancada por dentro e 70 mil dólares sumiram do apartamento. Essa história aconteceu em 1968, mas até hoje permanece sem explicação.

4. 2 – Zigmund Adamski

Zigmund Adamski, um mineiro inglês, de 1956 morreu de uma forma inexplicável e estranha. Em 1980, ele saiu para fazer compras e sumiu. Zigmund foi achado 5 dias depois, morto devido a um suposto ataque cardíaco. O único problema é que essa explicação não se sustenta pelas circunstâncias em que o corpo foi encontrado.

mortes-bizarras_2

Ele estava sobre uma pilha de carvão a mais de 30 quilômetros de onde saiu, alimentado e com a barba feita. Não havia pegadas na pilha de carvão, nem sujeira no corpo da vítima, o que sugere que ele teria caído do céu. Além disso, ele tinha queimaduras estranhas em seu ombro, pescoço e cabeça. Nas queimaduras, havia um estranho gel que nunca foi devidamente identificado. A partir desses fatos, muitos acreditam que ele foi abduzido por alienígenas. Independente de como ele morreu de fato, essas circunstâncias são no mínimo esquisitas.

3. 3 – Gilbert Bogle e Margaret Chandler

No réveillon de 1962, um caso de adultério na Austrália roubou a cena nos noticiários locais. O físico Gilbert Bogle e sua amante Margaret Chandler, ambos casados, foram se encontrar de maneira furtiva, mas foram encontrados mortos na manhã seguinte.

mortes-bizarras_3

As pessoas traídas eram os principais suspeitos pelo assassinato, mas as evidências no local apontavam para outra coisa. Não havia violência nos corpos, mas no local foram encontrados vômitos e fezes de Gilbert Bogle. Mesmo com essa evidência, a autópsia não revelou veneno no sangue das vítimas, o que descartou também a hipótese de envenenamento. Uma hipótese retratada em um filme sobre o caso em 2006, diz que eles morreram de intoxicação de gás sulfídrico do Rio Lane Cover, que ficava muito próximo ao local. Mas isso não passa de uma hipótese, ainda mais por que teriam sido os únicos mortos pela causa na região.

2. 4 – Leroy Carter

Essa sem dúvida é uma historia macabra e bizarra. A polícia de São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos, foi chamada em 1981 para acordar uma pessoa que estaria dormindo no parque Golden State. Mas as autoridades não encontraram um homem dormindo. Na verdade, eles encontraram um homem que teve sua cabeça arrancada e trocada por uma asa de frango. O homem em questão, identificado por exames de digital, era Leroy Carter, que tinha diversas passagens pela polícia.

mortes-bizarras_4

Como isso era muito macabro e parecia ter relações com magia negra, as autoridades pediram ajuda à especialista em crimes com motivações religiosas, Sandi Gallant. Gallant sugeriu que ele teria sido assassinado por algum praticante da seita Santeria. Em alguns rituais da seita, a cabeça é arrancada e devolvida no mesmo lugar do assassinato 42 dias depois. Apesar dos conselhos, as autoridades não deram muita atenção para as teorias de Gallant. Para a surpresa de todos (menos da especialista), a cabeça da vítima apareceu no local exatos 42 dias após.

Até hoje não se sabe do paradeiro de quem cometeu esse terrível assassinato nem qual seria o motivo de tamanha barbaridade.

1. 5 – Philip Shue

O coronel da Aeronáutica dos Estados Unidos, Philip Shue saiu normalmente para trabalhar em um dia comum em 2003. Mas, duas horas depois, ele se envolveu em um acidente de carro violento que o matou instantaneamente. Até agora, soa uma história de acidente causado por algum mau súbito ou algo tipo. Mas evidências estranhas começaram a aparecer. O corpo de Shue tinha os dois mamilos cortados, bem como os dois lóbulos auriculares. Além disso, ele tinha um corte que ia do estômago ao umbigo.

mortes-bizarras_5

Muitas teorias surgiram dizendo que ele foi sequestrado, torturado e morreu enquanto fugia do cativeiro. Mas outra hipótese foi levantada dizendo que ele havia feito esses machucados nele mesmo, pois foi encontrada uma grande quantidade de anestésico em seu sangue. Uma nova evidência mudou um pouco essa hipótese. Shue tinha uma fita adesiva em seus punhos, sugerindo que ele estava com as mãos amarradas.

A esposa de Shue virou suspeita desse crime, pois muitos garantem que a mulher faria isso devido ao alto valor do seguro – cerca de 1 milhão de dólares – que ela receberia. Mas essa hipótese não se desenvolveu, pois, as autoridades não conseguiram achar provas suficientes durante a investigação, fazendo com que o crime ficasse impune e sem esclarecimentos até hoje.

[ Cracked ] [ Fotos: Reprodução / Skitterphoto / PetraBlahoutova / Cracked ]

Jornal Ciência

Compartilhar