Vídeo: Fotógrafo se emociona ao registrar urso polar faminto lutando para encontrar comida em uma região criticamente afetada pelas mudanças climáticas

58

Quando chegou à ilha de Baffin, no Canadá, o fotógrafo Paul Nicklen, do grupo de conservação Sea Legacy, não imaginaria que acabaria se deparando com uma das cenas mais emocionantes de sua vida.

 

Ele conseguiu registrar em vídeo e fotos um urso polar faminto, visivelmente magro e fraco, definhando enquanto buscava por comida em uma região criticamente escassa e desprovida de gelo. Nicklen agora espera que suas imagens sirvam como uma mensagem para alertar o mundo sobre as severas consequências do aquecimento global, segundo informações do Daily Mail.

urso-morrendo-de-fome

Nicklen, que é um ex-biólogo e agora se dedica a fotografia da vida selvagem, revelou que no momento em que fazia as imagens, lágrimas rolavam por seu rosto. “Nós choramos”, disse ele à National Geographic. “Filmei tudo isso com lágrimas rolando em minhas bochechas”.

urso-morrendo-de-fome_1

Questionado sobre a possibilidade de alimentar o uso, algo que ilegal no Canadá, ele disse que “estaria apenas evitando o inevitável”. “Claro que isso passou pela minha cabeça, mas não é como se andasse por aí com uma arma  tranquilizante ou quilos de carne de foca“, acrescentou.

urso-morrendo-de-fome_2

O vídeo do urso foi compartilhado pelo fotógrafo em sua conta no Instagram, atraindo mais de um milhão de visualizações no momento da publicação. Nele é possível ver o urso caminhando e arrastando as patas traseiras, provavelmente um sintoma da atrofia muscular causado pela falta de comida.

urso-morrendo-de-fome_3

A perda de gelo devido às mudanças climáticas é conhecida por afetar diretamente a habilidade dos ursos polares de se alimentar e sobreviver, uma vez que dependem do gelo para encontrar comida. A Ilha de Baffin, onde as imagens foram capturadas, tem sido particularmente afetada pelo aquecimento global.

Nick afirmou que registrou as imagens porque não queria que a morte do urso fosse em vão. Ele agora espera que elas sirvam como uma mensagem para relembrar a realidade das mudanças climáticas e como isso afeta os ursos polares.

urso-morrendo-de-fome_4

Quando os cientistas dizem que os ursos polares serão extintos nos próximos 100 anos, penso que a população global de 25 mil ursos está morrendo dessa maneira”, escreveu ele no Instagram. “Não há um band aid para essa solução. Não havia salvação para esse urso em particular”.

É uma cena que esmaga a alma e ainda me assombra, mas eu sei que precisamos compartilhar tanto a belo quanto o terrível, para forjarmos as paredes da apatia”, disse. “E é isso que a fome parece, a atrofia muscular, nenhuma energia. É uma morte lenta e dolorosa”.

 

A verdade simples é esta – se a Terra continuar a aquecer, perderemos os ursos e ecossistemas polares inteiros. Este grande macho não era velho, e ele certamente morreu dentro de horas ou dias depois desse momento”, acrescentou. “Mas existem soluções. Devemos reduzir nossa pegada de carbono, comer os alimentos certos, parar de cortar nossas florestas e começar a colocar a Terra – nossa casa – em primeiro lugar”.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

O post Vídeo: Fotógrafo se emociona ao registrar urso polar faminto lutando para encontrar comida em uma região criticamente afetada pelas mudanças climáticas apareceu primeiro em Jornal Ciência.

Jornal Ciência

Compartilhar